|

Doutorando do Cena/USP é premiado em Congresso Brasileiro de Floricultura

Escrito por Marcelo. Postado em Destaques

Everton ganhou primeiro lugar em duas categorias

Everton ganhou primeiro lugar em duas categorias

Orientado pela professora Adriana Pinheiro Martinelli, do Laboratório de Histopatologia e Biologia Estrutural de Plantas do Centro de Energia Nuclear na Agricultura (Cena/USP), o doutorando Everton Hilo de Souza foi premiado em duas categorias durante o XIX Congresso Brasileiro de Floricultura e Plantas Ornamentais deste ano.

Intitulado “Mecanismos reprodutivos em Bromeliaceae com potencial ornamental” (Breeding systems in Bromeliaceae with ornamental potential), o pôster de Souza conquistou o primeiro lugar ao apresentar o estudo de 17 espécies de bromélias com potencial ornamental, identificando seus mecanismos de reprodução e as barreiras reprodutivas presentes. O trabalho foi escrito em coautoria com Mônica Lanzoni Rossi, Fernanda Vidigal Duarte Souza (Embrapa) e Maria Angélica Pereira de Carvalho Costa (UFRB).

No mesmo congresso, Souza conquistou seu segundo prêmio, com a fotografia ‘As bromélias da Serra’, que garantiu outra primeira colocação ao doutorando. O retrato mostra a espécie Alcantarea nahoumii (Leme) J. R. Grant (espécie endêmica e vulnerável) na serra da Pioneira, na Serra da Jiboia, localizada no município de Santa Terezinha (BA).

Realizado em Recife (PE), entre 21 e 25 de outubro, o evento reuniu pesquisadores, professores, alunos de graduação e pós-graduação, produtores e extensionistas interessados em plantas ornamentais e na cultura de tecidos de plantas.

Foram realizadas palestras, mesas redondas, câmaras técnicas, visitas técnicas, minicursos e exposição de painéis integrando os, aproximadamente, 800 congressistas que participaram do evento.

______________

Engenho da Notícia

Assessoria de Imprensa Cena/USP

(19) 3302.0100

divulgacao@engenhodanoticia.com.br

Twitter: @Engenho_Noticia

Facebook: Engenho da Notícia

Simpósio Internacional de Iniciação Científica é aberto no Cena/USP

Escrito por Marcelo. Postado em Destaques

siicusp

Foi aberta na manha de hoje (quinta-feira, 24) a 21ª edição do Simpósio Internacional de Iniciação Científica da Universidade de São Paulo (Siicusp), que segue até sexta-feira (25) com a apresentação dos 572 trabalhos na área de Agropecuária. Pela primeira vez, o Centro de Energia Nuclear da Agricultura (Cena/USP) está organizando o evento, que está sendo realizado no anfiteatro do Departamento de Agroindústria Alimentos e Nutrição, da Esalq, no campus da USP, em Piracicaba.

A cerimonia contou com a presença da Pró-Reitora Adjunta de Pesquisa da USP, Belmira Oliveira Bueno, que destacou o Siicusp como o programa científico mais importante de toda a Universidade de São Paulo com essa finalidade. “Traduzindo o termo pesquisa por busca, como é feita em outras línguas como o inglês, o francês e o italiano, lembro que a USP cria esses alunos buscadores em todas as áreas do conhecimento em um processo que começa com a iniciação científica e os acompanha por toda a carreira acadêmica”, exemplificou.

Também presente na solenidade, Sylvia Macchiones Saes, coordenadora do Programa de Iniciação Científica da universidade, ressaltou que “a iniciação científica é o métodos mais eficaz de aprendizado, pois o aluno vai atrás de algo de seu próprio interesse”.

Segundo Antonio Vargas de Oliveira Figueira, diretor do Cena/USP, é muito gratificante para a instituição coordenar do Siicusp. “Sei como é importante a iniciação científica para o aluno, pois foi exatamente nesse projeto que, há 31 anos, iniciei minha carreira”, afirmou o professor. “O Siicusp oferece ao aluno a chance de apresentar o resultado de sua pesquisa e receber um retorno sobre seu trabalho de pesquisador já formado e isso, sem dúvida nenhuma, é um grande incentivo”, concluiu.

Já o professor Adibe Luiz Abdalla, presidente da Comissão de Pesquisa do Cena, membro do Conselho de Pesquisa da USP e um dos organizadores dessa edição, ressaltou a determinação dos alunos envolvidos após participaram de atividades de pesquisa ao longo de um ano. “Essa é a forma mais atual e moderna para se ensinar, pois insere o aluno no mundo científico ao fazê-lo buscar soluções para um problema que ele próprio foi incentivado a identificar”.

Após os pronunciamentos iniciais, o professor Edson Hirokasu Watanabe, do Programa de Engenharia Elétrica da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), proferiu palestra “A Postura de um Pesquisador Ético”. Em sua exposição, Watanabe abordou ética, criatividade e inovação do pesquisador. Explanando como serão tratados os problemas relativos à ética na pesquisa, nas publicações científicas e, em especial, o problema do plágio. Disse ainda que “a formação de futuros pesquisadores não será atingida apenas com o ensino, sendo fundamental assumir uma postura ousada e criativa”.

O evento segue por estes dois dias (quinta e sexta-feira), no campus da USP de Piracicaba, com apresentações orais e em forma de pôsteres pelos alunos participantes, num total de 572 trabalhos na área de ciências agrárias. O Simpósio contará ainda com a participação de professores e alunos da Universidade do Porto e da Rutgers University, dos Estados Unidos.

O restante dos trabalhos do Siicusp está dividido por outros três campi da USP: Ciências Biológicas estão em exibição em Ribeirão Preto; os trabalhos de Exatas e Engenharia acontecem na Escola de Engenharia de São Carlos; e na área de Humanas e Humanidades, o evento ocorrerá no campus da capital.

Programação completa do Siicusp Agropecuária
24 de outubro

8h às 12h30: apresentação de trabalhos nas subáreas de Engenharia Agrícola, Fitossanidade e Conservação da Natureza

14h às 17h30: apresentação de trabalhos nas subáreas de Produção Vegetal e Ciência e Tecnologia de Alimentos

 

25 de outubro

8h às 12h: apresentação de trabalhos nas subáreas de Ciência do Solo, Economia e Sociologia Rural e Recursos Florestais e Engenharia Florestal

14h às 17h30: apresentação de trabalhos nas subáreas de Zootecnia e Medicina Veterinária

 

As apresentações orais:

24 de outubro

12h às 12h30: apresentação das subáreas Fitossanidade, Conservação da Natureza e Engenharia Agrícola

- das 15h às 16h: apresentação das subáreas Ciência e Tecnologia de Alimentos e Produção Vegetal

 

25 de outubro

9h às 10h: apresentação das subáreas Ciência do Solo, Recursos Florestais e Engenharia Florestal e Economia e Sociologia Rural
15h às 16h: apresentação das subáreas de Zootecnia e Medicina Veterinária

 

A programação completa está no site http://www.usp.br/siicusp/21siicusp/index.php.

______________

Engenho da Notícia

Assessoria de Imprensa Cena/USP

(19) 3302.0100

divulgacao@engenhodanoticia.com.br

Twitter: @Engenho_Noticia

Facebook: Engenho da Notícia

Professor Klaus Reichardt recebe Ordem Nacional do Mérito Científico

Escrito por Marcelo. Postado em Destaques

Klaus Reichardt ao lado da esposa e da filha

Klaus Reichardt ao lado da esposa e da filha

Professor sênior do Centro de Energia Nuclear na Agricultura (Cena/USP), Klaus Reichardt foi contemplado com a Comenda da Ordem Nacional do Mérito Científico. A cerimônia de entrega da insígnia foi realizada no auditório do Museu Nacional, em Brasília (DF), no último dia 21 de outubro, em solenidade que marcou o início da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia 2013.

O pesquisador, que recebeu a comenda das mãos do Ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, Marco Antonio Raupp, foi admitido na área de Ciências Agrárias.

A indicação dos contemplados é feita por instituições e autoridades ligadas à área de ciência e tecnologia, e a Ordem dispõe de uma comissão técnica incumbida de apreciar o mérito de cada nome para sua admissão. “Esse é um prêmio abrangente, mas a admissão na Ordem Nacional do Mérito Científico é algo muito gratificante, pois vem coroar minha vida universitária”, afirmou Klaus emocionado.

Aos 72 anos, o professor ainda se dedica a orientação de alunos de pós-graduação, tanto no laboratório de Física do Solo do Cena/USP, como no programa de pós-graduação em Fitotecnia da Esalq/USP.

Outorgada pela presidência da República, a Ordem Nacional do Mérito foi instituída em 1993 para premiar personalidades nacionais e estrangeiras que se distinguiram por relevantes contribuições à ciência e à tecnologia. O decreto para a admissão na Ordem foi assinado pelo ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva e pelo ex-ministro da Ciência e Tecnologia, Sergio Machado Rezende e publicado no Diário Oficial da União em 28 de dezembro de 2010.

Mais um prêmio

Ainda neste ano, no mês de julho, Klaus Reichardt conquistou o Prêmio Bunge 2013, na categoria Vida e Obra. O pesquisador foi um dos contemplados desta edição com o Prêmio Fundação Bunge na área de Recursos Hídricos/Agricultura.

______________

Engenho da Notícia

Assessoria de Imprensa Cena/USP

(19) 3302.0100

divulgacao@engenhodanoticia.com.br

Twitter: @Engenho_Noticia

Facebook: Engenho da Notícia

Aluna do Cena/USP é premiada em evento científico da IHSS

Escrito por Marcelo. Postado em Destaques

Jpeg

A mestranda Fernanda Mancini Nakamura do Centro de Energia Nuclear na Agricultura (Cena/USP),  orientada pela professora Siu Mui Tsai, teve seu trabalho premiado em primeiro lugar durante o décimo Encontro Brasileiro de Substâncias Húmicas (EBSH), evento realizado em Santo Antônio de Goiás (GO), nos dias 14 a 18 de outubro.

Fernanda, que é aluna de mestrado em Biologia na Agricultura e no Ambiente, realiza estudos de ecologia microbiana em fragmentos de biocarvão oriundos da Terra Preta de Índio da Amazônia (TPA), tipo de solo caracterizado pelo abundante acúmulo de matéria orgânica e grande disponibilidade de nutrientes, qualidades estas que o torna o mais fértil do mundo.

Desenvolvido no Laboratório de Biologia Celular e Molecular do Cena/USP e intitulado ‘Cultivo sob ambiente microaerofílico na obtenção de bactérias do biochar de Terra Preta da Amazônia’, o trabalho foi apresentado na forma de pôster e o prêmio conferido na categoria de Mestrado.

O evento científico

Em sua décima edição, o Encontro Brasileiro de Substâncias Húmicas é um evento bienal, promovido pelo Grupo Brasileiro da Sociedade Internacional de Substâncias Húmicas (IHSS), instituição fundada em 1981 que, atualmente, conta com aproximadamente 900 associados das mais variadas áreas.

Esta sociedade é reconhecida mundialmente como promotora e divulgadora da pesquisa e do ensino científicos de substâncias húmicas e matéria orgânica do solo. O grupo brasileiro foi fundado em 1997 e possui cerca de 100 associados.

Realizado na sede da Embrapa Arroz e Feijão, no município de Santo Antônio de Goiás, região metropolitana de Goiânia, durante cinco dias o evento discutiu temas como substâncias húmicas e matéria orgânica natural, enfocando os últimos avanços das técnicas de caracterização, suas aplicações na agricultura e remediação ambiental, bem como sua dinâmica e interações, observando as emissões de gases de efeito estufa nos ambientes terrestres e aquáticos.

_____________

Engenho da Notícia

Assessoria de Imprensa Cena/USP

(19) 3302.0100

contato@engenhodanoticia.com.br

Twitter: @Engenho_Noticia

Facebook: Engenho da Notícia